Psicodiagnóstico

O processo de avaliação psicológica, também chamado de psicodiagnóstico, tem como objetivo investigar áreas do funcionamento psicológico (intelectual, emocional, personalidade, entre outros) que possam estar afetando a saúde e o bem-estar da pessoa em seus diversos âmbitos, como familiar, ocupacional, escolar/acadêmico e social. Esse processo de avaliação é conduzido por um psicólogo, que utiliza de técnicas como entrevistas e observação do comportamento, bem como testes psicológicos padronizados, para responder à questão que se quer investigar.

A avaliação poderá incluir a participação da família (e/ou pessoas próximas que auxiliam no seu cuidado) e da escola com o objetivo de conhecer de forma mais ampla e aprofundada o paciente. Também são frequentes os contatos com outros profissionais de saúde que atendem a criança ou o adolescente, como psiquiatra, pediatra, psicopedagogo, fonoaudiólogo, neuropsicólogo, psicoterapeuta, entre outros. Além desse contato com os profissionais que acompanhem o paciente, ao final do processo é realizado um encontro para comunicar os resultados e entregue um documento com a descrição dos resultados provenientes da avaliação psicológica aos responsáveis e ao próprio paciente.

Uma avaliação psicológica no contexto clínico pode ser útil em casos de dificuldade de aprendizagem, quando é necessário compreender quais áreas do funcionamento intelectual e emocional podem estar interferindo no processo de aprender. Também pode ser de grande utilidade em casos de problemas de comportamento, alterações de humor decorrente de diversas causas. São situações em que a avaliação psicológica irá auxiliar no diagnóstico e, frequentemente, contribuir para a elaboração de um plano de tratamento mais eficaz e adaptado às necessidades do paciente. Dependendo dos objetivos e do resultado encontrado, por vezes, indica-se a uma reavaliação após um determinado período de tempo com o objetivo de realizar o acompanhamento da evolução do caso e definir novas estratégias de tratamento quando necessário.